Brusque, 19 de junho de 2018   |   11:06

Câmara de Brusque

Durante a sessão da Câmara de Brusque realizada na noite de ontem (12), os vereadores aprovaram por 11 votos o Projeto de Lei que autoriza a Prefeitura de Brusque a contratar operação de crédito com o Banco do Brasil, no valor de R$ 4.998.192,00. O projeto objetiva a aquisição de maquinário para a Secretaria de Obras e de licenças para softwares usados na administração.


Apesar de contar com 11 votos favoráveis, o que garantiu a aprovação, o projeto teve três abstenções. Uma delas do vereador Marcos Deichmann que é presidente da Comissão de Constituição, Legislação e Redação. Segundo ele, a comissão está aguardando um retorno da Caixa Econômica Federal para saber se as taxas do banco são mais baixas que do Banco do Brasil.


No entanto, o vereador Alessandro Simas, líder do governo, fez uso da palavra para explicar que a prefeitura fez ampla pesquisa com várias instituições bancárias e o Banco do Brasil foi o que apresentou a melhor linha de crédito.


Ele comenta ainda que o custo da administração com empresas terceirizadas é muito grande e a intenção é agilizar o processo para não precisar mais arcar com esses custos. Além disso, ainda é preciso contar com a capacidade de endividamento do município.

ABAIXO, OUÇA A ENTREVISTA DO VEREADOR ALESSANDRO SIMAS

ESCUTE A MATÉRIA


Repórter: Depto. Jornalismo - Araguaia
Imagem: Talita Garcia / Câmara Municpial de Brusque


Veja também